Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Metade de mim...
A tua espera debruçada na janela, contando segundos e minutos, sei que vai brilhar no meu universo colorido.
Tu és o deslizar da tinta no papel alvo, dando vida as minhas histórias, inspiração de minh´alma.
Somos flor e folhas, germinados no jardim da vida, tua amizade e companhia  me faz bem.
Quando demora em me dizer olá!
Fico sem chão para pisar e o céu azul torna-se nublado e sem harmonia, tu és o amor que cultivo no coração, o afeto que minhas mãos afagam.
O doce do açúcar eu experimentei de tuas entranhas, e viciei...
Não vivo sem você, grande amigo.
Do calor do seu abraço, extraí a energia para viver, sem você o vazio da solidão aperta meu coração.
Noite sem o brilho das estrelas, quando demora em chegar, pingo de chuva na terra, sem exalar o aroma, eu fico assim sem você.
A parte boa que tenho em meu ser, pertence a você, metade de mim...






Escrito em: 22.08.2005
Por  Águida Hettwer


Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 15/01/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários