Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A afetividade como base de tudo


A afetividade como base de tudo

Se constituir pais é diferente de ser pais biológicos. Pais biológicos qualquer um pode ser, desde que o corpo físico esteja preparado. Se constituir pais, parte da premissa de um desejo inconsciente, para além da concretude física biológica.
Se constituir pais a afetividade é base que sustenta;
O amor significa existir no desejo dos pais, nos planos de como seria a face do bebê, se seria parecido(a) com a mamãe ou teria os traços fortes do papai.
São os cuidados maternos e paternos que estão intrínsecos, que vem átona quando a criança ainda muito dependente tanto necessita,
Este amor de pais enaltece a palavra direta, sem rodeios, a firmeza de voz sem precisar alarde.
Os pais são o modelo, a referência do qual a criança possa se espelhar,
A criança necessita de ambiente psiquicamente saudável para se desenvolver, crescer e florir nos estudos.

Neste sentido, a psicoterapia é um mecanismo do qual a criança e seus pais possam se beneficiar, vislumbrando sempre qualidade de vida, vida com menos sofrimento, e mais desfrute em ambiente familiar amável e prazeroso.



                                        Aguida Hettwer
                                         Psicóloga




 
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 03/03/2017

Música: Our love Never - Ernest Cortazan

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários