Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Estado depressivo

     A depressão não discrimina classe social, idade, gênero e tampouco a cultura. Entretanto, precisa ser tratada com psicoterapia e na maioria dos casos concomitante a ministração medicamentosa.
    Sentir-se triste com alguma situação, todos nós em algum momento de nossas vidas nos deparamos, exemplificando: perda de um ente querido, perda de um emprego, fim de um relacionamento, desapontamentos, frustrações etc.
     Entretanto, quando este estado de tristeza se acentua por semanas, meses, anos e toda nossa libido está focado em “sentir-se triste”. E nada mais traz alegria de viver, a vida perde o colorido de outrora, estar com pessoas que anteriormente tinha prazer em conviver e atualmente não suporta, prefere o isolamento e a solidão. Sentimentos de desanimo, alterações do sono (insônia ou excesso de sono), dificuldades de se concentrar e, esquecimentos, alterações do peso corporal (emagrecimento ou ganho de peso), estados de se sentir no total vazio, sem rumo, sem direção, sem perspectivas futuras e atuais.
      Esta breve contextualização sem uma nomenclatura acadêmica, mas bastante prática serve para podermos problematizar a questão da depressão e auxiliar sujeitos acometidos.  O apoio familiar, o contexto social é de suma importância, no entanto, não são os “conselhos” dados ao sujeito que lhe ajudarão a suportar este estado depressivo. O sujeito necessita de atendimento clínico especializado psiquiatra (medicação) psicólogo (psicoterapia). Esta pequena digressão, vislumbra a possibilidade de qualidade de vida a todos os sujeitos.        
    
      Águida Hettwer

25/02/2017
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 25/02/2017
Alterado em 25/02/2017

Música: Carpentes - Karen's Theme

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários