Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


CONTAGIANDO
 
     Do firme traço se reinventa o desenho, de garatuja a garatuja se produz uma história. História escrita de letra modelada a muito desejo. Desejo que aflora em linha corrida, entre pontos, interrogações e vírgulas. Há sonhos amanhecidos em lágrimas, ideias cristalizadas que precisam ser quebrantadas, no fulgor de manhãs primaveris de vidraças embaçadas.  A vida espia pela cortina, quem será o protagonista? Pergunta ela angustiada.  Por um instante  nada houve na plateia.  Entre um burburinho o silencio foi quebrado,  - sou eu diz ela animada. A esperança que desabrocha CONTAGIANDO  nos lábios.

                                Águida Hettwer
 


20/09/2015
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 20/09/2015
Alterado em 20/09/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários