Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


 
 
 
 
 
 Vida em síntese
 
 
Eis que o sopro da vida se fez realidade,
A alma suavemente toca a face de Deus
Gesto de retribuição, síntese de bondade
Do gemido pêndulo da escuridão disse adeus!
 
 
No livro da vida, escrevo provérbios
Banhados em gozo, alegria e satisfação
Há um cântico de esperança entoando nos lábios
Na vida nada renego. Aprendizado- soma lição.
 
 
Sob a vida fazem-se planos, prévias e ensaios,
Contudo, nem sempre seguimos o mesmo roteiro
Em toda beira do caminho dispersa em atalhos,
Na síntese da vida, o desafio,  aceite a morte primeiro.
 
 
Não há sentido, uma vida sem a musicalidade da poesia,
Mesmo que as rimas sejam tortas e sem métrica,
A sabedoria está em ser aprendiz, na vida não há garantia
O amor combina com toda e qualquer fonética.
 
 
Águida Hettwer
 
26/08/2012
 
 
 
 
 
 
 
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 26/08/2012
Alterado em 26/08/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários