Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Na réstia do sonho
Águida Hettwer
_____________________________
 
Umedece a face, uma lágrima caída,
Ouçam os gemidos das inocentes vozes
Rezam um terço! Nos lábios, uma Ave-Maria.
Mal trajadas, sem teto, em mãos de algozes.
 
 
Terras áridas, campos de fome.
Amassam as palhas do trigo
Das rosas colheram o perfume,
Nas pálpebras, marcas de castigo.
 
 
Passado jazido de lamentos
Noites amargas frias...
De bruscos sentires e prantos
Em contorno de cores cinzentas impressas.
 
Adorna a face com pó de arroz,
São azuis os teus sonhos?-Menina!
Nega-se a si mesma triste sina!- Cruel bandida.
 
 
 
16.04.2010
 
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 16/04/2010
Alterado em 16/04/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários