Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Áudios

O cair das pétalas...
Data: 08/09/2008
Créditos:
Texto e narração poética: Águida Hettwer
Ano 2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


O cair das pétalas
Águida Hettwer
 
 
...No silêncio de uma tela fria,
Versos adormecidos nos madrigais,
Tinge de sépia cores,
Enfeitando a margem da vida em bemóis.
 
No sótão da memória,
Lembranças empoeiradas,
Abraçando o vazio, distrai a tristeza,
Embalando a saudade em cântico de incertezas.
 
A estrofe da rima,
Perdeu-se no uivo do vento,
Na candura da lágrima que ostento,
Plantei sentimentos nos canteiros da alma,
 
No cair das pétalas,
Apaga-se o perfume adocicado,
Restam os espinhos cravados.
 
Colhi triste alento,
E a aspereza da ausência
Faz-me companhia no momento.
 
 
02.09.2008
Enviado por Águida Hettwer em 02/09/2008

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários