Águida Hettwer Poesia & Art
Deixarei meu verso, tatuado em seu peito...
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Áudios

As vezes...
Data: 26/06/2008
Créditos:
Texto e narração poética: Águida Hettwer
Poema recitado:Ás vezes
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Às vezes
Águida Hettwer
 
 
... Frio acalenta a alma,
Em saudade antecipada que gosto de sentir,
Na companhia de pensamentos,
Me espraiado nas entrelinhas do verso,
Meus passos não têm dono.
 
Ás vezes...Tomo pra mim, um par de asas brancas,
E sigo o rumo do coração,
Perdendo-me em ardente paixão,
Deixo o meu senso ético do lado de fora,
 
Trancafiado, fecho a porta!
Aflorando-me no poético que há em mim,
O amor me consumindo, queimando-me inteira,
Assumo...Quebro o silêncio! Amo-te sim...
 
Na espera de viver um grande amor em você,
Num rio de emoções que nasce dentro de mim...
 
 
22.06.2008
 
 
 
 
 
Enviado por Águida Hettwer em 22/06/2008

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários